Di, eu te amo!!!! =*****
 
eu

Marcos, 23 anos, namora a Di, tem uma gata chamada Sofia. Adora música, cinema, HQs, livros, séries de TV, videogames e tudo que é gadget.
Estuda cinema na FAAP, tenta fazer filmes e assiste tudo que tem chance.
Acumula CDs, DVDs e HQs pela casa.
Sonha em ter um quarto só de depósito.
Toma banho quente até no calor e água gelada e sorvete até no frio.
Paulista, paulistano e são-paulino.
Fã de mais bandas e filmes do que dá pra citar. (é melhor perguntar)

musica rock (principalmente alternativo), j-music e jazz.
filmes
principalmente os orientais, mas também filmes indies americanos e Star Wars. Mas eu gosto de assistir de tudo.
msn
*odeio*
icq
ask me
fotolog
audioscrobbler
pillblog
bad obsession
gourmets
lista de presentes
coleção de games na IGN

links

blogs
The Way I See It
Buraco oOo
the utility muffin research kitchen
Muzukashii Mind
Blog Bloody Blog
Losers 4 Ever
No 15
Optimistic
Carpe Diem, Seize the Day
Chibikitsune
Petulância
Piers Platz
Par ou Ímpar
Drop Dead Gorgeous
Faux Raccord
for sleep's sake

musica:
greenplastic radiohead
silverchair.nu
NIN
garbage
covers project
project J
dying days
test 4 echo
ludov
pullovers
NME


hq:
universo hq
omelete
panini
neil gaiman
marvel
newsarama
mutação
the geek out

anime/manga:
animepro
animeblade
anime on DVD
japan guide

cinema:
e-pipoca
dark horizons
imdb
midnight eye
the tarantino archives

games:
planet gamecube
cube europe
ign
uol games

penny arcade

outros:
são paulo net
apple
digital dissent

 

 
Sunday, June 05, 2005

Get behind me now, anyway!

Há pouco mais de um mês eu fui no show do Placebo. Fiquei de escrever sobre ele, até comecei, mas sempre acabava deixando para depois.
Agora percebo que isso foi providencial.
Sim, pois fica muito mais fácil falar dele depois de ter ido no show dos White Stripes.
O show do Placebo havia me deixado frustrado. Já o do White Stripes foi o seu completo oposto.
A banda de Brian Molko veio tocar como quem vai preencher um formulário: só burocracia. Fez o básico, o que tinha que fazer para garantir o pão e ir para casa. Interação com o público, nem pensar.
Já Jack White detonou. Conversou muito com o público, improvisou milhões de vezes (anota aí Molko: improviso é a alma de um show, é o que o torna único), deixou os fãs cantando o riff de Seven Nation Army e ficou só cantando a letra em cima. Acelerou quase todas as músicas (Hotel Yorba ficou animal demais), deixava a Meg cantar partes de músicas que antes não eram dela (ficou muito bom), tocou um xilofone bizarro e não teve medo de tocar. Tocou o que deu na telha, extendeu as músicas e ainda disse pro público: "you'll have to go through a lot of songs you don't know to get to the ones you love. If it's fine by you, it's fine by me. Otherwise, I can just play Seven Nation Army and be on my way home. What do you say?"
Mas não foram a matraca do Jack, a movimentação deles ou as músicas diferentes que REALMENTE colocaram este show tão a frente do outro. Brian Molko poderia até ter tentado fingir, mas não adiantaria. O que eu vi no palco hoje foi uma banda que realmente QUER tocar. Que tem tesão em fazê-lo. É difícil imaginar, mas acredite: isso muda tudo. A pegada de alguém que toca de saco cheio é totalmente diferente da de quem está adorando tudo aquilo. E isso chega para o público.
No final das contas, or irmãos White mostraram como se faz um bom show de rock, para todos que quisessem ver. Quem perdeu, pode roer as unhas de raiva. Foi muito bom!



Um adendo interessante: durante o show, percebi do meu lado uma menina que não poderia ter mais de 12 anos, devidamente acompanhada da mãe. A garota estava realmente gostando do show e ainda sabia as letras de algumas das músicas. Foi algo realmente emocionante. Quando vejo coisas como essa, até me permito ter fé na humanidade. Cada criança dessas que eu encontro anulam 100 crianças que vejo todo o dia querendo ser "más" ouvindo Charlie Brown Jr. ou Avril Lavigne. =')

NP: Pato Fu - Simplicidade


mrcsh @ 1:44 AM

***

 

Comments: Post a Comment

 
no momento...

filmes
Harry Potter e o Cálice de Fogo **
Marcas da Violência ****

gamecube

Resident Evil 4 **** - Incrível.

ds

Mario Kart DS ****
Sonic Rush ****

iPod + iTunes
usrejects's Last.fm Weekly Artists Chart

HQ
Homem-Aranha 48 *
Marvel Millenium: Homem Aranha 47 ****
Ex Machina **
X-Men 48 o

livro
Matadouro 5 (Kurt Vonnegut) ***
O Guia do Mochileiro das Galáxias ****

ancient history

October 2004 l November 2004 l December 2004 l January 2005 l February 2005 l March 2005 l April 2005 l May 2005 l June 2005 l July 2005 l August 2005 l September 2005 l October 2005 l December 2005 l January 2006 l February 2006 l March 2006 l May 2006 l
flickr

Get awesome blog templates like this one from BlogSkins.com